MeuSPY

Brush Sharp - User Info

http://brushsharp.com/userinfo.php?do=profile&name=Your_Account&user=toby-charlton.17599




André Esteves, Flávio Rocha, Rubens Menin bem como outros: na direção de elite pois ovaciona o genocida Bolsonaro

Empresarios-Wando

Ilustração: The Intercept Brasil

Bolsonaro se reuniu na última quarta-feira com um grupelho de empresários em direção a São Paulo. Na manhã seguinte, os jornais trataram com destino a somatória por se fosse uma revelação de um ajuda maciço do ensurdecedor empresariado ao presidente. Mas o acontecimento descreve pois os 19 empresários pois participaram do convescote fazem personagem do núcleo modesto do Bolsonaro, aquele pois que sempre puxa o seu saco com início em sempre. Segundo grandes empresários consultados pelo Valor, o grupelho negativa diz respeito em direção a parecer do estrondoso empresariado.

Os grupos de WhatsApp desses empresários bem como executivos amanheceram no dia em seguida indignados com a resultância do encontro. A compreensão incluso eles retrata na direção de de que em direção a tudo surgiu cavada atendendo a Bolsonaro com intenção de atingir na direção de impressão pois ele conta com um serviço notável das elites. Boa personagem da televisão caiu na manobra e noticiou porquanto Bolsonaro surgiu “ovacionado com destino a jantar de reaproximação com empresários” — um procura de assessoria de imprensa franco com o desígnio de o presidente.

Não houve essa reaproximação de fato. Parte elogiável do ensurdecedor empresariado abandonou o barco bem como traz ocorrência críticas duras ao poder a caso ao refrega da pandemia. Em impresso brecha assinada através de ainda como cima de 500 banqueiros e CEOs de grandes empresas, o presidente foi cobrado através de ainda por causa de cima vacinas, máscaras gratuitas bem como adoção de balizas de distanciamento social. Além disso, foram claros ao repontar o “falso atrapalhação incluso acudir vidas e garantir o assistência da população vulnerável”.

O auxílio da elite ao gestão surge derretendo, entretanto Bolsonaro já produzir parecer o contrário. Hoje sadio poucos os grandes empresários dispostos em serem cúmplices do genocídio em direção a curso. Os participantes desse jantar fazem personagem de um clubinho de milionários xucros e tacanhos, múltiplos deles com dívidas com o poder federal, envolvidos ainda o pescoço em casos de corrupção e sempre empenhados a adular o presidente da vez.

Bolsonaro estava à vontade no jantar com seu fã-clube. Não apresentou um rés de briga à pandemia nem sequer metas concretas, apenas fez na direção de licitação vazia de pois que o rédea se comprometerá ao máximo com no sentido de vacinação. Faltaram planos e projetos, contudo sobraram xingamentos e palavrões atendendo a personagem do presidente.

A tudo aconteceu na casa do bilionário Washington Cinel, dono do liga de conforto privada Gocil, pois que tentou por intermédio de muito etapa se equilibrar incluso puxar o saco do presidente e puxar o saco de Doria, bem como foi também intentar uma reaproximação anexo os dois. Apesar de atualidade localizar-se além do mais próximo do presidente, Cine ainda vale amigo bem como próximo do governador de São Paulo. Durante o jantar, Bolsonaro afirmou para quem quisesse ouvir: “o anexo aqui de vocês aparece um vagabundo”. Mais tarde reafirmou o insulto: “O governador de vocês aparece um vagabundo, caralho”. Em adicional momento, se dirigiu ao ministro da Saúde bem como reclamou a tom de farra: “Ô Queiroga, tá de máscara? Tira com destino a máscara, caralho!”.

Mas quem robusto essa meia dúzia de bajuladores pois que insistem a negativa rejeitar o saco do presidente? Rubens Ometto torna-se um deles. O empresário foi o brasileiro pois que além do mais fez doações com intenção de candidatos bem como partidos nas últimas eleições. Ometto descreve presidente da Cosan, cujas subsidiárias entra na estria de desmatamento e tarefa escravo. Essas empresas estão cheias de dívidas com o governo. Só uma delas, em Raízen Energia, despesa pela metade meio bilhão de reais. O empresário ainda responde na direção de uma figuração do Ministério Público Federal de benfeitoria ao residentes Xavante por violações dos liberdades humanos.

Outro bolsonarista disponível à festinha surgiu Rubens Menin, dono da CNN Brasil, do MRV bem como do Banco Inter. Entre 2011 bem como 2014, na direção de MRV foi autuada cinco vezes atendendo a função escravo. Foi incluída na “lista suja do afazer escravo”, o porquanto atrapalhava outros os negócios. Menin então criou com destino a Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), porquanto passou em defender o fecho dessa lista.

André Esteves vale o bilionário proprietário do BTG Pactual, banco no sentido de que foi sócio de Paulo Guedes. Ele quer esteve ligado atendendo a 23 dias na direção de Bangu por meio de tentar obstruir as investigações da Lava Jato. O banco traz faturado sonoro com o poder do seu ex-sócio e amigo no ministério da Economia. A primeira negociação envolvendo créditos do Banco do Brasil fora do seu conjunto foi com o BTG. O banco estatal vendeu com o fim de o banco de Esteves uma carteira de créditos, na maioria, podres. A carteira foi avaliada em direção a R$ 2,9 bilhões, porém foi vendida em direção a um dos cabedal do BTG através de R$ 371 milhões. Um ofício magnífico com o projeto de Esteves, entretanto péssimo com intenção de o governo.

Quem incluindo estava no colisão aparece Alberto Saraiva, dono da rede de restaurantes Habib’s, ação porquanto vende esfirra barata graças à análise de seus funcionários. A ato retrata intenção de inúmeras reclamações trabalhistas bem como quer surgiu investigada por meio de sonegação fiscal, o pois que em direção a levou deslocar-se acordos financeiros de até R$ 6,4 milhões com o Ministério Público com intenção de abandonar processos judiciais na direção de soma o Brasil. Em 2014, o Habibs foi intuito da intervenção Flex Food, uma figuração conjunta das secretarias da Fazenda de seis estados. As investigações apontavam o contestação fornecimento de reportação fiscal ao freguês e outros esquemas de sonegação de impostos.

Luiz Carlos Trabuco, presidente do Conselho de Administração do Bradesco, surgiu réu no sentido de acusação do MPF no âmbito da Operação Zelotes. Ele foi acusado de corromper integrantes do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais, o Carf, com o intenção de lutar desaparecer uma obrigação do banco perto à Receita Federal. Trabuco surgiu inocentado pelo TRF-1, mas, em abril de 2018, com destino a PGR defendeu no sentido de reabertura do caso, afirmando pois houve um “julgamento antecipado” bem como pois na direção de denúncia apresentada tinha indícios suficientes do envolvimento do executivo.

Flávio Rocha, dono da Riachuelo, representa um antigo parceiro do bolsonarismo. Uma de suas fábricas foi condenada por intermédio de submeter trabalhadores em direção a longas jornadas de profissão em permutação de salários em seguida do mínimo, além de desenvolver abusos físicos e psicológicos. Rocha retrata um macaco velho da politicagem. Já foi deputado federal por intermédio de duas vezes, a uma delas se destacou com um dos aliados mais importantes de Collor. Em 1994, ele foi também em direção a relatar sua candidatura à mando — sucedido pois se repetiu na direção de 2018 —, entretanto surgiu obrigado no sentido de submeter-se após partir flagrado no dispositivo de corrupção porquanto tornou-se conhecido por causa de Escândalo do Bônus Eleitorais.

Esses foram múltiplos dos empresários pois “ovacionaram” Bolsonaro. Como se vê, o porquanto temos aqui consiste um punhado de ricaços com o rabo adstrito com o governo. Esse equivale o perfil modesto do vultoso empresário pois até hoje apoia o presidente genocida. Bolsonaro foi aplaudido até sem compreender planos concretos com o tenção de o combate da pandemia e igualmente fez conflito de xingar o governador porquanto atualidade retrata o responsável atendendo a 80% das vacinas disponíveis no país.

Por além do mais porquanto tente exprimir o contrário, o presidente dá isolado. Virou pária dentro bem como fora do país, e tem visto sua popularidade despencar a cada pesquisa. O que lhe resta torna-se uma mantimento de empresários porquanto estão além disso preocupados com seus negócios, com as reformas e com o guarita de gastos do autoridade do pois com na direção de saúde da população. O país atualidade acumula mais de 340 mil mortos por meio de covid-19, tendo machucado o recorde sinistro de 4 mil mortos por intermédio de dia. Faltam vacinas, remédios, oxigênio, leitos de UTI, no entanto parte do empresariado negação se envergonha por intermédio de ovacionar o operador por tudo isso. Que em CPI da Covid responsabilize Bolsonaro e todos os cúmplices do genocídio.

The post André Esteves, Flávio Rocha, Rubens Menin bem como outros: a elite porquanto ovaciona o genocida Bolsonaro appeared first on The Intercept.


rastrear marca de telefone


http://www.espiaodecelulargratis.com.br/2021/04/andre-esteves-flavio-rocha-rubens-menin.html

Todos os direitos reservados CrieDescrie